sexta-feira, 13 de março de 2009

Pedreiro no Corolla

Mulheres em geral tomam cantadas na rua.
Pode ser rica ou pobre, loira ou morena, feia ou bonita...
Existe cantada escruxula para todos os tipos de moças.
Se vc colocar um decote, uma saia curta ou um salto agulha, é batata !
Colocou a carinha na rua, pode esperar !
Eu já ouvi de tudo. Desde os tradicionais "bom dia, gostosa", "oh lá em casa!" até os femomenais "que lindas pernas, que horas elas abrem ?" e "o cachorrinho tem telefone?"
Quando isso acontece, passo batido e nem olho para a cara do moço.
Ás vezes, naquela segunda chuvosa ou qdo vc acabou de tomar um fora, essas poucas palavras te fazem um bem danado.
Mas ontem eu fiquei indignada.
Estou eu, ouvindo meu potpourri de flashbacks no rádio, felizona e distraida naquele inferno de marginal às nove da manhã. Pior, tava numa ressaca danada, coloquei a primeira camiseta da gaveta, prendi o cabelo, óculos escuros, mal humor e correria para não perder a hora.
Um Corolla prateado para do lado do meu carro. Buzina. Pede para eu abrir o vidro, achei que o senhorzinho ia pedir uma informação de caminho.
Ledo engano.
O velhote fdp me falou um monte de absurdo logo de manhã !
"Sai desse carro pra eu chupar sua B*, sua potranca gostosa"
O babão se deu o trabalho de buzinar, chamar minha preciosa atenção, pedir para abrir o vidro ...
Homens quando ficam mais velhos perdem a noção do perigo.
Eu fiquei tão injuriada, que comecei a jogar o chapolim pra cima dele, sem medo de bater ... E gritava escandalizada: "Fala de novo, seu velho de pinto mucho !!! Fala que eu acabo com esse seu carrinho de pegar puta da baixa Augusta! " Por muito pouco não desci do carro para partir aquela cara enrugada ao meio.
Foi um tal de parar motoboy, buzina para todo lado, a mulherada dentro do carro apontando e rachando o bico do meliante.
Sei que o coitado ficou tão assustado com a minha reação que foi cruzando todo mundo no trânsito, pra ficar bem longe ...

Não ligo ouvir bobeira de macho que não tem o que fazer de vez em quando. Mas baixaria me tira do sério. Desço do salto e incorporo a Maria do Bairro mesmo. Sem pudor nenhum. Fui criada a pão-de-ló, mas o sangue da avó espanhola e corticeira corre nas veias e fala mais alto.
Pronto, falei !

3 comentários:

Saulo Prado disse...

Sou Homem e adoro mulheres, é lógico que às vezes, fico babando como lobo no cio, quando passa uma linda mulher em minha frente. Mais não sou cara de pau o suficiente, para dar estas cantadas baratas e até esdrúxula como esta que este senhor, teve a infelicidade de te dar. É isso ai, não tenha medo de rodar a baiana, quando alguém te incomodar!
Adorei o seu cantinho; serei presença constante, é lógico se não te incomodar.
Beijo e até mais!!!

curvo disse...

é isso ai! tem que reclamar... coitado do velhinho, ficou assustado
hehe

Núbia Tavares disse...

Que horror, Camilinha linda!!!

PQP, como hj eu acordei totalitária, proponho a esterilização já do velhote de pinto xôxo. Morre, desgraçado!