terça-feira, 6 de maio de 2008

Amigo da Onça

Conviver com uma pessoa que te decepcionou já é muito ruim
Pior é saber que essa convivência vai durar o resto da sua vida
Quando achava que ele já tinha feito de tudo, eis que mais uma vez eu me surpreendo ...
Falar para a prima, que eu amo como se fosse minha irmã, que nossa amizade é baseada em pura falsidade minha e que eu só falo com ela para saber o que acontece na vida dele foi muita maldade.
Não foi só maldade ...
Foi muita pretensão !

Ele foi sim o homem da minha vida - note bem o tempo do verbo.
Hoje ele é só o pai da minha filha
Eu quis passar o resto da minha vida ao lado dele
Hoje eu quero distância, qto mais longe de mim melhor
Eu o admirava
Hoje ele é só uma grande decepção
Ele acha que quero saber o que ele faz ou deixa de fazer
Eu só quero saber se ele deposita a pensão da minha filha
Eu o amava
Hoje não tenho sentimento nenhum. É como se fosse um desconhecido.

A única coisa boa que sobrou desse relacionamento, além da minha amada filha - é claro -, foi a enorme amizade que eu cativei com a prima dele. Minha sorte é que ela sente o mesmo por mim.

Desculpe, coração ...
Sua prima ainda é minha amiga.
E não é por sua causa.

Um comentário:

Thais disse...

Aê, muito bom!! :)
To andorando seu blog, tá me inspirando muito a fazer um tbm!!
beijos, querida!

Thaís Ruco