terça-feira, 8 de setembro de 2009

Amigo ou amante

Tenho um problema muito sério com uma pessoa que eu gosto demais.
Ele meu melhor amigo de infância, mas de uns anos para cá tbm virou meu amante.
Mas nós dois temos um acordo não verbal de que preferimos ser amigos. Não namorados. E ele é daqueles que vc liga no meio da madrugada para tomar uma cerveja e conversar, mas logo acaba na casa do rapaz. Mas como ele tbm é meu melhor amigo de infância, eu tbm ligo pra ele chorando pq levei um fora daquele meliante que dizia que me amava. E ele me consola, me dá colo e me ajuda.
E o enrosco está formado.
Tem dia que eu quero ele como amigo, outros que quero como namorado. E normalmente qdo quero como namorado, ele se faz de melhor amigo. Qdo quero o melhor amigo, ele quer ser o amante.
Olha o nível da confusão !
Eu sei que não posso me apaixonar por ele, até pq no começo dessa história eu fiquei meio caidinha e logo tudo foi deixado muito as claras: ele é meu melhor amigo e pronto.
O grande problema é que eu não mando muito naquilo que estou sentindo e de vez em quando fico tão grudada nele que esqueço de me proteger. E ai eu o vejo com outra garota e isso me dói demais.
Esses dias algo parecido aconteceu. Estou vendo ele pelo menos uma vez por semana e falamos todos os dias. Se eu não ligo é ele que me procura. Pois bem, fiz uma viagem a trabalho pra fora do Brasil e passei o fim de semana todo encanada.
Agora o que me resta é me afastar. Esse é o remédio pra paixonite aguda pelo melhor amigo de infância que vc quer que seja namorado, mas que não pode ser.

3 comentários:

J.R disse...

Poxa! Queria tanto ter uma melhor amiga assim!

Seria como, quem sabe, uma dama de copas, uma carta na manga.

Anônimo disse...

Estou passando por algo bem parecido, estou apaixonada por um amigo que deixa claro que quer ser livre, sou louca por ele e ele me quer tbm(quer pq está querendo transar, ainda não transamos), ele me acha reprimida sexualmente, me chama de puritana e é contra a monogamia eu sou romantica e como diz ele drámatica, aiaiaiaiai....´Será que ele tem razão?ou é um dos truques masculinos?

F.F. disse...

Tive um caso assim num passado já não tão recente, e na manhã seguinte a nossa única noite juntos ouvi a fatídica pergunta:
- Você não está se sentindo estranho?
A qual respondi com a seguinte indagação:
- Esta pergunta é para mim ou pra você?
Ela passou 5 dias sem me ligar e decidiu que era melhor "voltarmos uma casa", pra preservar a amizade.
Casou e foi embora pra Sampa. Hoje também estou feliz ao lado de outra mulher, e nossa amizade continua intacta, apesar da distância.