quarta-feira, 23 de abril de 2008

Céu de Brasília, traço do arquiteto


Foram muitos dias sem escrever nada por aqui. Culpa de Brasília !!!
Estava divulgando o aniversário da Capital Federal. Enlouqueci durante quase um mês.
Mas valeu a pena. Nossa equipe conseguiu grandes matérias e por conta disso fomos elogiados pelo cantor Leonardo no meio da festa - "Nunca vi um evento tão bem divulgado quanto esse. Eu vi em todo lugar !!!".
Tirando a correria, o cansaço e o stress, Brasília me encantou. E muito.
Quando pensamos nessa cidade, o que nos vem a cabeça é sempre a parte política. Mas a Capital Federal é muito mais que isso.
Ver aquela imagem da Esplanada dos Ministérios com o Congresso Nacional no fundo, aquela que passa quase todo dia no Jornal Nacional, é emocionante. O Itamaraty, o Palácio do Planalto, o Palácio da Justiça, o Museu Nacional, a Catedral Metropolitana, o Memorial JK com D. Sarah e Juscelino namorando no banco da praça. Tudo é muito incrível em Brasília.
E o céu daquele lugar ??? Como estamos no planalto, parece que o "teto" é mais baixo! E fica mudando de cor durante o dia todo ... Eu nunca vi um céu desse jeito !
O pôr-do-sol visto do lago Paranoá, com a ponte JK ao fundo é uma das imagens que ficarão marcadas o resto da minha vida.
Tudo em Brasília é muito grande: as ruas, as praças, os parques. Não há postes de luz nas ruas, o cabeamento é todo subterrâneo. Não há farol, só em cruzamentos de muito tráfego. Tudo é feito na base da rotatória - e ela é respeitada. Na faixa de pedestre, se vc estica o braço, os carros param para vc atravessar. Um mundo surreal !
E pensar que tudo foi construído em apenas cinco anos. Hoje, uma única ponte demora isso para ser levantada.
Juscelino Kubitschek, Oscar Niemeyer, Lucio Costa e Roberto Burle Marx viraram meus ídolos !

Um comentário:

Luciana Pereira disse...

eeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeee!
Vem morar aquiiiiiiiiiiiiii!
Adorei você, "coração"!!! :)
Já tinha adorado na sua primeira visita, agora adorei ainda mais.

Muitos beijos e volte logo.
Lu